Javascript is not enabled

Notícias

Disponibilização online de Processos de Obras Particulares, 1862-1959

13 de junho de 2018

Encontram-se disponíveis para consulta online os Processos de Obras Particulares, datados entre 1862 e 1959. A pesquisa na base de dados Archeevo deve ser feita na área "Todos os Campos", com os termos, por exemplo, "OP Ericeira" ou "OP Mafra", podendo ser aplicados os filtros respeitantes às datas de produção e a documentos com imagem.

Fechar

Fundo particular Luís Pisani Burnay, 1898-1944 – Ericeira, Nossa Senhora da Nazaré, Caricaturas/Retratos de veraneantes da Praia do Sul

6 de junho de 2018

Fruto ao desafio colocado pelo Arquivo Municipal de Mafra (ver Homepage ou Destaques, área "Documentos em Destaque"), no sentido de todos os interessados colaborarem na descoberta do Concelho de Mafra com imagens e documentos inéditos ou emblemáticos, temos o prazer de informar que a Coleção Particular de Luís Pisani Burnay se encontra disponível online. A referida coleção é composta por 41 fotografias de temáticas diversas, nomeadamente, de paisagens da Ericeira, algumas das mais antigas que existem da Praia do Sul (fim do século XIX), de eventos religiosos em Santo Isidoro, como as Procissões de Nossa Senhora da Nazaré a Santo Isidoro em 1927 e 1944, com algumas personalidades locais, como o padre Canas, pároco de Santo Isidoro, e dois juízes das festas de 1927, Francisco e João Pisani, e, ainda, de fotografias da família Pisani, nomeadamente do bisavô do proprietário das imagens, José Pisani da Cruz e restante família, e da emblemática Quinta dos Chãos, na freguesia de Santo Isidoro. Inclui, ainda, uma credencial do Grémio "Oceano" relativo à ação da Carbonária da Ericeira, datada de 13-11-1915, e um conjunto de 88 interessantíssimas caricaturas/retratos de veraneantes da Praia do Sul, na Ericeira, feitos à la minute por Luís de Ortigão Burnay, avó do detentor das imagens.

Fechar

Róis de Confessados ou de Desobriga da Paróquia de Santo André de Mafra, 1780-1885

22 de maio de 2018

Ao abrigo do Protocolo de Colaboração celebrado entre a Real e Venerável Irmandade do Santíssimo Sacramento da Paróquia de Santo André de Mafra e o Município de Mafra, assinado em 28 de julho de 2017, encontra-se em curso o projeto de digitalização de Róis de Confessados ou de Desobriga, tendo sido, até ao momento, disponibilizados online 59 cadernos (alguns parciais ou apenas fragmentos), datados entre 1780 e 1885.

Fechar

Coleção de Periódicos Locais da Biblioteca Municipal de Mafra, entre 1866 e 1974, disponível para consulta online

27 de março de 2018

Concluído o projeto interserviços – Arquivo Municipal de Mafra e Biblioteca Municipal de Mafra – encontram-se disponíveis para consulta online 20 títulos de jornais locais publicados entre 1866 e 1974. Esta iniciativa conjunta tem dois objetivos principais: permitir o acesso à distância, a qualquer momento e lugar, de um repositório singular e inestimável de informação local, e salvaguardar a preservação dos originais, evitando, ao máximo, o seu manuseamento.

  • Gazeta do Campo: Folha das classes pobres (1866-01-01 a 1866-12-30);
  • Jornal de Mafra: Semanário noticioso, literário e recreativo (1887-07-03 a 1935-12-29);
  • O Mafrense: Semanário noticioso, literário, agrícola e recreativo (1887-12-25 a 1894-06-24);
  • O Jornal Mafrense: Semanário noticioso, agrícola, científico, literário e recreativo (1894-08-05 a 1897-08-08);
  • O Eco de Mafra: Semanário noticioso, literário e recreativo (1891-01-10 a 1895-02-10);
  • O Concelho de Mafra – 1ª Série (1893-03-05 a 1894-02-25); 2ª Série (1933-01-01-1974-03-31);
  • Folha de Mafra: Periódico noticioso, literário e agrícola (1896-08-16-1898-02-06);
  • O Correio de Mafra: Jornal semanal, noticioso e agrícola, defensor dos interesses da Comarca de Mafra (1898-11-20-1905-06-11);
  • O Ouriço: Lérias Carnavalescas. Órgão do Clube da Má Língua (1899-02-31);
  • Semana de Mafra: Defensor dos interesses do Concelho de Mafra (1905-06-11-1906-09-09);
  • O Clamor de Mafra: Jornal Livre e Independente (1907-01-04-1908-12-29);
  • Democracia: Semanário republicano de Mafra (1914-01-31-1918-11-17);
  • Voz de Mafra: Semanário republicano. Órgão do Partido Evolucionista neste Concelho (1915-05-09-1916-06-11);
  • Alma Nova: Semanário republicano, órgão do Partido Republicano Evolucionista nos concelhos de Mafra, Sintra e Oeiras (1916-07-09-1916-09-17);
  • O Pingente: Órgão oficial da chuchadeira nos Concelhos de Má...fra, Carapinheira e Cacilhas (1916-11-01 - 1917-03-11);
  • O Despertar: Semanário nacional republicano (1918-01-31-1918-06-06);
  • O Liberal: Semanário do Partido Republicano Liberal (1920-01-04-1925-07-12);
  • O Oiriço (1921-09-18);
  • O Oiriço: Número único (1922-09-10);
  • A Gaita: Número único, humorístico, comemorativo do Aniversário da Fundação da Filarmónica 1º Dezembro (1922-12-01);
  • O Ramboia: Órgão oficial da chuchadeira nos concelhos de Má...fra e Carapinheira (1923-06-24-1926-07-01);
  • O Zabumba: Número único, humorístico, comemorativo do aniversário da Fundação da Filarmónica 1º de Dezembro (1923-12-01);
  • O A'lerta: Publicação quinzenal (1924-11-15-1924-12-15);
  • O Romeiro: Órgão dos alunos do Colégio Frei Luís de Sousa (1929-12-15-1929-12-15);
  • Escola Prática de Infantaria: Biblioteca: Boletim (1956-01-1956-04);
  • Mafra Agrícola: Boletim informativo da Cooperativa Agrícola dos Produtores de Leite do Concelho de Mafra (1958-01-1961-03).
Fechar

Disponibilização online do fundo documental da Escola Real de Mafra (1855-1908)

14 de março de 2018

Atendendo à importância do fundo documental da Escola Real de Mafra, fundada pelo rei D. Pedro V, em 9-12-1855, que atestada, à época, a excelência da escola em diversos aspetos, em território nacional e europeu, encontra-se disponível para consulta online, no total, 93 documentos, entre os quais se destacam os quatro livros de matrículas dos alunos, nomeadamente daquele que viria a ser o cônsul Aristides de Sousa Mendes. Tendo como objetivo dar a conhecer a totalidade do espólio da Escola Real de Mafra existente na Biblioteca Municipal de Mafra e no Museu Municipal Prof. Raúl de Almeida, prevê-se, durante o ano de 2018, a digitalização e disponibilização online da biblioteca da referida instituição de ensino, bem como da descrição dos seus materiais pedagógicos e peças comemorativas.

Fechar

Fundos notariais do Arquivo Municipal de Mafra: disponibilização online

20 de fevereiro de 2018

Encontra-se disponível para consulta online, na íntegra, os fundos dos Cartórios Notariais da Enxara dos Cavaleiros (1824-1856), Ericeira (1621-1900), Gradil (1772-1783) e Mafra (1575-1897), destacando-se os livros de notas (escrituras e outros contratos), fora de notas, testamentos, abertura de sinais, protestos de letras e certidões de missas. A documentação notarial do Arquivo Municipal de Mafra complementa os fundos de registos notariais existentes no Arquivo Nacional da Torre do Tombo (Arquivo Distrital de Lisboa), no que concerne aos referidos cartórios.

Fechar

Disponibilização online da documentação dos extintos Concelhos da Azueira, Carvoeira, Cheleiros, Enxara dos Cavaleiros e Gradil

17 de outubro de 2016

Considerando a importância histórica, nomeadamente territorial e administrativa, dos fundos documentais dos extintos concelhos, que desde o ano de 1855 integram o Concelho de Mafra, como freguesias, foi objetivo do Arquivo Municipal de Mafra, no corrente ano, assegurar a digitalização da referida documentação. Nesse sentido, encontram-se disponíveis online os fundos das extintas Câmaras Municipais da Azueira (1837-1855), Carvoeira (1690-1836), Cheleiros (1825-1837), Enxara dos Cavaleiros (1811-1847) e Gradil (1792-1838). Prevê-se para 2017 a digitalização e disponibilização online da extinta Câmara Municipal da Ericeira (1538-1855).

Fechar

Consulta online de uma parte dos jornais locais existentes na Biblioteca Municipal de Mafra

20 de junho de 2016

Dada a secular importância que assumiu a imprensa periódica no Concelho de Mafra, quer na formação da opinião pública, quer como repositório singular e inestimável de informação local, apresentam-se os resultados da primeira fase de uma profícua parceria interserviços – Arquivo Municipal de Mafra e Biblioteca Municipal de Mafra – traduzidos na disponibilização online de 6 títulos de jornais locais, publicados entre 1866 e 1956, respetivamente:

  • Gazeta do Campo: Folha das classes pobres (1866-01-01 a 1866-12-30);
  • O Mafrense: Semanário noticioso, literário, agrícola e recreativo (1887-12-25 a 1894-06-24);
  • Jornal de Mafra: Semanário noticioso, literário e recreativo (1887-07-03 a 1935-12-29);
  • O Jornal Mafrense: Semanário noticioso, agrícola, científico, literário e recreativo (1894-08-05 a 1897-08-08);
  • O Eco de Mafra: Semanário noticioso, literário e recreativo (1891-01-10 a 1895-02-10);
  • O Concelho de Mafra – 1ª Série (1893-03-05 a 1894-02-25); - 2ª Série (parcial – 1934-1937 e 1952-1956).

Fechar

Disponibilização online do espólio do capitão João Lopes, ex-presidente da Câmara Municipal de Mafra

18 de dezembro de 2014

Do fundo documental e fotográfico do capitão João Lopes (1879-1965), encontra-se disponível online os registos descritivos referentes a 1062 documentos, datados entre 1900 e 1965, maioritariamente fotografias, que documentam os mandatos do capitão João Lopes enquanto presidente da Câmara Municipal de Mafra (1940-1959). Inclui ainda documentação produzida pelo seu filho, o engenheiro Silvicultor José Maria Saldanha Lopes, relativa ao exercício de funções na Tapada Nacional de Mafra.

Fechar

Consulta online das fotografias de António Passaporte

10 de dezembro de 2012

Encontra-se disponível online o fundo fotográfico de António Passaporte (1901-1983) composto por 640 imagens a preto e branco que retratam o Palácio Nacional de Mafra (interior e exterior), com destaque para a basílica, a biblioteca, a estatuária, o convento e o Museu de Arte Sacra, bem como o Jardim do Cerco, a Tapada Nacional de Mafra e a vila da Ericeira. Fotógrafo profissional de renome nacional e internacional, a partir de 1940 António Passaporte trabalhou em diversas encomendas públicas e privadas, fotografando vários monumentos portugueses, atingindo a produção de postais ilustrados na década de 1960 o número de mais de 60 mil espécimes. No ano de 1996 os negativos em vidro e película referentes a Mafra e Ericeira foram adquiridos pela Câmara Municipal de Mafra, no valor de 300.000$00 escudos, a Rodolfo Passaporte, filho de António Passaporte.

Fechar